segunda-feira, 6 de junho de 2016

Gilmar Beiçola manda lacrar documentos que incriminam Aécio Neves




GGN – Dois dias após o procurador-geral da República pedir a abertura de um inquérito para investigar a participação de Aécio Neves, Carlos Sampaio e Eduardo Paes numa tentativa de maquiagem de dados do Banco Rural, os documentos do arquivo da CPMI dos Correios foram indevidamente manipulados.
O Senado afirmou que, a pedido de Aécio, houve o transporte de 46 caixas de papeis entre o Arquivo da CPMI e a sua Coordenação. Aécio afirma que seu objetivo era o de recolher elementos para a sua defesa.
Depois disso, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, determinou, a pedido da PGR, a lacração dos documentos do arquivo. Ele pediu que sejam entregues uma cópia do ofício em que Aécio pede acesso aos documentos e as imagens das câmeras de segurança do Senado das áreas por onde passaram as caixas.

2 comentários:

AnyMery Gonçalves disse...

Por que tanto ódio? Vai morrer ... ( rs r s

O TERROR DO NORDESTE disse...

Ódio de que, gostosa? Tenho 52 anos de vida e não tenho nem sequer 1 inimigo. Morrer? Vou sim. Todos vão.Ah! você tá linda na sua pagina do Google +. Passa teu fone que eu falo com você.