quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

A derrota anunciada dos tucanos com a multa dos petistas


Jornal GGN - As campanhas de arrecadação para pagar as multas dos apenados petistas pela Ação Penal 470 incomodou a bancada da oposição. Três dos quatro que sofrem pena de prisão em regime semiaberto e de multas já obtiveram o dinheiro suficiente para quitar as dívidas, com as respectivas correções, e os tributos adicionais. O quarto, José Dirceu, está a menos de um dia com o site de apoio no ar, já atingindo a marca de quase R$ 60 mil em doações.
O dinheiro veio de familiares, amigos, militantes e pessoas que consideraram injustas as condenações. A mobilização externa e a rapidez com que o montante foi arrecadado fizeram o deputado João Campos (PSDB-GO) apresentar, então, um projeto de lei que proíbe doação a condenados, na tentativa de atingir os petistas.
O projeto prevê: "É vedada, no pagamento de multa aplicada ao condenado, a utilização de recursos, bens ou direitos provenientes de terceiros, pessoas físicas ou jurídicas, personalizadas ou não, entidades sindicais, associações, partidos políticos ou fundações, públicas ou privadas, sejam eles advindos de doação ou qualquer outra forma de ato ou negócio jurídico".
Uma das justificativas utilizadas por Campos ao projeto contradiz com o próprio ato de mobilização dos simpatizantes aos políticos presos. "O brasileiro não mais suporta a atuação jocosa dos criminosos condenados que pisam na moral do cidadão e sorriem das sanções que em nada os incomodam", diz na redação.
As mensagens que introduzem os sites de doações a José Genoino, Delúbio Soares e José Dirceu, assim como a nota divulgada pelo site pessoal de João Paulo Cunha, enfatizam que o ato de contribuir com os valores a serem quitados não significa concordar com as penas, mas ecoar a indignação.
“A ajuda para pagar a multa quase milionária imposta pelo Supremo é um protesto coletivo contra as arbitrariedades e violações do julgamento da AP 470”, diz a mensagem no site Apoio a Dirceu.
“Que fique bem claro que não estamos reconhecendo nenhum fundamento de justiça na multa. (...) Não recusaremos a oportunidade de responder à maldade com solidariedade, à mesquinhez com altivez, à perseguição com muita luta no coração”, diz outra no Apoio a Genoino.
Seguindo a mesma linha de Gilmar Mendes, o deputado tucano acrescentou ao projeto de lei que o condenado deve provar a origem do dinheiro.
No rodapé das investigações do mensalão tucano, também conhecido como mensalão mineiro (com protestos por todo o estado vítima da associação infeliz de nome), a medida do deputado João Campos (PSDB-GO) contradiz uma possível manobra de mobilização política favorável ao PSDB, já que, se condenados, os políticos do partido também poderão sofrer penas de multa.
O tiro no pé, mesmo se não aprovado o projeto pelo Plenário da Câmara, já foi dado pela simples manifestação de incômodo que as três campanhas de arrecadação geraram na oposição, como que fornecendo adiantadamente o tom de “sucesso” aos petistas.
Como certamente o projeto de lei não será aprovado, enquanto Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa lutam por manter capa de heroísmo e caracterização de “maus” políticos aos já condenados; José Genoino, Delúbio Soares, João Paulo Cunha e José Dirceu comemoram na prisão a vitória, por terem angariado em número e dinheiro os manifestos de apoio da população.GGN

3 comentários:

Henrique Dias disse...

Por que êle não apresenta um projeto proibindo a corrupção?

severino soares disse...

eu como brasileiro me sinto,envergonhado com tanta gente hipócrita em nosso país,fazendo doações pra esses ladrões corruptos,eu não defendo nenhum partido,nem politicos, porque pra mim todos são iguais ,falam mal um do outro namidia mais depois se cumprimentam,jantam juntos,fazem festas,mais dai o povo brasileiro,fazer doações pra esse bando de vagabundos,é tirar dinheiro da saúde,educação,segurança,etc,depois vão pra rua exigir do governo melhores condições,façam-me o favor vão criar vergonha na cara,será que não percebem que estão tirando dinheiro dos seus próprios filhos,pensem nisso.

severino soares disse...

eu acho engraçado como todos os politicos de oposição crticam o governo,será que eles,não lembram que todos passaram pelo governo,e que o brasil vem nessa draga,desde a época do governo do pmdb com o sarney,depois veio prn,psdb 2 vezes pt 3 vezes,e o brsil continua a mesma draga,os mesmos problemas,então não me venham com essa história que a culpa é desse ou daquele,são todos culpados,todos corruptos,safados,e o que me envergonha é,ver brasileiros tirando dinheiro da familia pra fazer doações,pra pagar dívida,desses ladrões,como a hipocresia inibe a visão de alguns,DEUS,tenha misericordia.