quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Júri tucano derruba propinoduto no Prêmio Esso

 Isso é uma vergonha.

Edição/247 Fotos: Reprodução | Shutterstock:
                                                            
Clima de revolta no meio jornalístico; com os jurados Ricardo Setti (Veja), Marcus Emilio Gonçalves (ex-editor de Veja), José Marcio Mendonça (economista ligado ao PSDB), Matinad Suzuki (ex-Folha) e Kristina Michaellis (ex-Veja), Prêmio Esso evita conferir o grande prêmio do ano à série de reportagens da Istoé sobre o escândalo Siemens e Alstom; denúncias reabriram investigação suíça, colocaram sob suspeita o promotor Rodrigo de Grandis e já causaram bloqueios de R$ 60 milhões dos suspeitos; Esso, no entanto, preferiu se desmoralizar de vez
 

Um comentário:

luiz ribeiro disse...

Eles são mesmo canalhas.