quarta-feira, 23 de abril de 2014

Aécio Neves vem ao Estado dia 19 receber título de cidadão do Recife

Aécio virá ao Recife no próximo dia 19. Foto: Agência Brasil
Aécio virá ao Recife no próximo dia 19. Foto: Agência Brasil
Nunca vi esse tal André Regis na minha vida, mas deve ser daquele tipo de vereador que não faz na na Câmara a não ser bajular políticos de outra região.
Proposto em setembro de 2013 pelo vereador André Régis (PSDB), o projeto que concede do título de cidadão do Recife ao senador Aécio Neves (PSDB) será concretizado no próximo dia 19 de maio. O pré-candidato à presidência da República virá ao Estado para receber a condecoração.
Na defesa, o vereador exaltou os relevantes serviços prestados pelo senador e ex-governador de Minas Gerais ao Estado.
Relevantes serviços por Aécio Neves a Pernambuco?
Fala sério!
O serviço mais relevante que Aécio Neves prestou a Pernambuco foi esse aí.

Fábrica da Fiat que será em Pernambuco desagrada Aécio Neves


Publicado por Jornal de Uberaba (extraído pelo JusBrasil) 
0
A nova fábrica que a Fiat Automóveis vai construir em Pernambuco foi motivo de queixas por parte do senador eleito por Minas Gerais Aécio Neves (PSDB). O tucano atribuiu ao presidente Lula e à presidente eleita Dilma Rousseff (PT) a responsabilidade pelas negociações que levaram à instalação de nova fábrica para outro estado. 

O senador eleito criticou a bancada de Minas, pois segundo ele faltou mais empenho chamou de "silêncio" da bancada e "daqueles que estão próximos da atual presidente", em referência implícita não apenas aos deputados federais do PT, mas também ao ex-prefeito Fernando Pimentel (PT): "Não sei se foi o último presente do presidente Lula a Minas ou o primeiro presente da presidente eleita Dilma Rousseff". 

Aécio disse ainda que o Estado não foi informado sobre a negociação arquitetada pelo governo federal. Soube disso apenas no final do acordo. Minas abrigou até agora todas as operações que a Fiat tem no país e mantém com a montadora italiana relação que vem desde 1976. Por isso, a falta de comunicação sobre a negociação com o governo desagradou aos tucanos.
Aécio não cobrou manifestação da Fiat. Apontou o dedo apenas para o PT de Minas e para as pessoas que cercam Dilma. Na mesma linha de argumentação, o governador reeleito Antonio Anastasia (PSDB) considerou a expansão da Fiat para Pernambuco uma decorrência da guerra fiscal.

"Foi uma norma excepcional criada pelo governo federal para beneficiar o estado de Pernambuco", afirmou, acrescentando em seguida que o seu governo continuará combatendo a guerra fiscal. "Mais um motivo para nós ardorosamente defendermos a reforma tributária", assinalou.

Novo local - A nova fábrica da Fiat vai ter isenção de IPI (Impostos sobre Produtos Industrializados) até 2020. O governo fez alterações legais especificamente para a montadora italiana. O presidente Lula assinou uma medida provisória no último dia 25. A carta de intenções para a implantação da fábrica foi assinada na última terça-feira.

A planta, no complexo industrial e portuário de Suape (a 60 km de Recife) deverá estar concluída em 2014. Terá capacidade para produzir 200 mil veículos por ano. Será um investimento de R$ 3 bilhões para a instalação de nova fábrica. De acordo com a companhia, o aporte faz parte do plano de investimentos de R$ 10 bilhões que a Fiat já aprovou para o Brasil no período de 2011 a 2014.

Ao falar que a preocupação é com o "futuro", Aécio se refere a uma preocupação que vários deputados manifestavam na Assembleia Legislativa. Alegavam que o fato de a fábrica estar próximo ao porto pode fazer a Fiat ir aos poucos ir priorizando a produção fora de Minas. (GS).

3 comentários:

Henrique R disse...

Sugiro recebe-lo com pétalas, confetes, serpentinas e muito pó, de preferência branco!

Celeste gonçalves gonçalves disse...

Não tenho paciência de ler o que você publica, mas te agradeço de coração por ter visitado meu Blog "aos poucos vou melhorando' ...
Tem que pegar o jeito to meio sem inspiração. Só não gostaria d escrever sobre política a menos que seja preciso pelo bem do Brasil sem bandidos graúdos rs
beijo

Henrique Dias disse...

A que ponto chegam estes políticos.