sábado, 20 de fevereiro de 2010

Ministério Público protocola denúncia contra Arruda por falsidade ideológica


O Ministério Publico Federal protocolou no fim da tarde desta sexta-feira (19) mais uma denúncia contra o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), desta vez, por falsidade ideológica. A informação foi divulgada hoje (20) pela assessoria de imprensa da Procuradoria Geral da República (PGR).

De acordo com a denúncia, Arruda forjou quatro recibos para justificar o recebimento de propina de Durval Barbosa, ex-secretário de Relações Institucionais do governo, que em vídeo aparece entregando o dinheiro pessoalmente ao governador. Segundo Arruda, a quantia teria servido para a compra de panetones. Juntos, os recibos somam a quantia de R$ 50 mil.

Um laudo pericial da Polícia Federal comprovou que os recibos foram produzidos, impressos e assinados na residência oficial do governador, em Águas Claras e rubricados por Durval Barbosa no dia 28 de Outubro, quase um mês antes da divulgação dos vídeos, no fim de novembro. As impressoras foram apreendidas na residência oficial do governador no dia 11 de fevereiro, data de sua prisão.

A denuncia foi protocolada no Superior Tribunal de Justiça (STJ) pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel e pela subprocuradora Raquel Dodge e aguarda manifestação do relator Ministro Fernando Gonçalves, o mesmo que decretou a prisão preventiva de Arruda na última quinta-feira (11). Na denúncia, a PGR pediu urgência na análise do processo.

De acordo com Lidiane Mattos, secretária de comunicação da Procuradoria Geral da República (PGR), a produção dos recibos, antes da divulgação do inquérito, torna plausível a tese de que Arruda sabia do andamento do processo antes mesmo das acusações virem à tona. “Isso reforça nosso argumento de que ele deve permanecer preso para que não interfira nas investigações”, disse Lidiane.

Esta é a segunda denúncia protocolada contra Arruda desde a sua prisão. A ação apresentada ontem volta a questionar dispositivo da Lei Orgânica do Distrito Federal que diz que apenas a Câmara Distrital do Distrito Federal pode apresentar denúncia penal contra o governador. Para a PGR, o dispositivo é inconstitucional.

A denúncia complica a situação de José Roberto Arruda, preso desde o dia 11. Um dia após a sua prisão, o Supremo Tribunal Federal (STF), negou o habbeas Corpus em favor do governador. O relator do processo, ministro Marco Aurélio se manifestou pela manutenção da prisão preventiva de Arruda para evitar que, o então governador, interferisse no andamento das investigações. A manutenção da prisão deve ser votada no plenário do STF na próxima semana. Uol.

Um comentário:

Super Batepapo disse...

Uma boa Lição

Quer viver em Perdagio?
Morrer em Alagão?

Quer ficar de calça arreada
Na educação?

Deixar a grana na meia
antes da oração?

Chorar até quando Marginal
Perde a vegetação?
e lamentar a falta de ladrão
sem ter piscinão?

Quer tudo isso pra voce
e para toda populção?

e mesmo sabendo; acabou o PCC
Ser pau mandado da facção

Responda agora
sem demora
Sim ou não?

Cuidado antes de responder
não é simples a questão
pois aquele teu voto tem força
e as vezes não tens noção
E isso é muito mais perigoso
do que arma no cinturão

Quer conhehcer o tamanho
de teu poder então?
O que é capaz de fazer o seu voto
no dia da eleição?

Muito na cuidado escolha
meu irmão
Não se recolha
preste atenção
anote numa folha
aqui vai uma lição

Vote num careca
para levar dois na liquidação
E assim mesmo sem ser quimico
sem saber mexer o caldeirão
transformara seu voto
numa impensavel aberração
em coisa degradante
de gente sem coração
fara dele o que fausto o grande
fez com o seu domingão
merda pura, sem mistura
melada entre os dedos da mão
coco de gato, preso no sapato
arrastado pelo chão
bosta de véia, fã de feijão com geleia
com problema de digestão
tiririca de urubu, presa no cú
por todo o verão

Porisso ouça muito bem
escute a voz da razão
tenha amor pela humanidade
acredite na população
dizem a voz de Deus
É a vontade do povo . Por que não?
Duas vezes O CARA
Já fez bonito pro povão
agora é a vez da COROA
Com toda certeza, meu irmão

Assim que voce deve fazer
sem medo de errar na intenção
em outubro estrela no peito
na boca um tremendo sorrisão
digita 13 pra ver a cara muié
confere e depois, aperta o botão
Aí manda pra roça
esses chupim, chupa rola de patrão
tucanada reguenguela
demonio capetão
E enfia no saco
a viola do carecão.

E é nóis de novo
mandando no planaltão!!

Vai ser tres dias de festa
Ah! Vai ser um bruta festão!!!!