sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Aloizio Nunes quer calar a Mídia Ninja


Aloísio Nunes, aquele senador tucano acusado de ter embolsado R$ 300 mil reais de Paulo Preto, apresentou ao Planalto pedidos de informações sobre o possível repasse de recursos federais ao grupo "Mídia Ninja".

Nunes questiona os ministros da Fazenda, Cultura e de Minas e Energia se houve repasses de dinheiro da Petrobras, Banco do Brasil e da Cultura para o grupo de mídia, da ONG Fora do Eixo (FdE).

Nunes, na maior cara de pau, diz:"Continuo na minha tarefa de identificar os financiadores desses blogs e movimentos pretensamente independentes, mas que estão a serviço do governo e de partidos políticos, financiados com dinheiro público".


Ora, por que esse ex-esquerdista, sequestrador de banco, não cobra do Ministério da Fazenda quanto as Organizações Globo devem à União? Por que esse bundão não cobra do Ministério da Casa Civil do Estado de São Paulo quanto o estado gasta com exemplares do PiG, com assinatura de jornais e revistas(Veja, Época, Folha, Estadão), com publicidades?

Depois esses tucanos corruptos não querem ser tachados como membros da nova direita brasileira, direita formada pela classe média cheirosa.

Um comentário:

luiz ribeiro disse...

Por que este ladrão de banco não cobra em SP a criação da CPI para investigar o trensalão.